Venda de carros elétricos bate recorde no Brasil

A venda de veículos elétricos vem crescendo muito pelo mundo. E os planos de reconstrução das economias, pós Covid-19, de muitos países trazem um forte viés ambiental e da construção de uma economia verde e de baixo carbono”, destacou Adalberto Maluf, presidente do Conselho da ABVE.

O crescimento de venda dos veículos elétricos no Brasil tem sido exponencial. A Projeção da ABVE é de que a frota de veículos elétricos no país chegue a 41.500 unidades ao fim de 2020.

Mesmo com dados registrados só até outubro, em 2020 o País já superou a quantidade de veículos a bateria emplacados em 2019, registrando recorde com 15.556 carros licenciados até então, segundo dados da Associação Brasileira do Veículo Elétrico (ABVE).

A associação estima que o resultado ao final deste ano será de uma frota 60% maior que todo o volume de 2019, quando tínhamos 22.524 veículos movidos a baterias nas ruas. A projeção é de que esse número cresça para 41.500 carros.

As vendas de automóveis eletrificados (elétricos e híbridos) entre janeiro e junho de 2020 cresceram 221% no comparativo com o mesmo período de 2019, passando de 2.356 unidades para 7.568 veículos.

Maior mobilidade elétrica no mundo

O relatório mais recente da Bloomberg New Energy Finance (BNEF) indica que, até 2040, aproximadamente 56 milhões de carros elétricos circularão pelas ruas e estradas do mundo.

Para se ter uma ideia desse crescimento, na Europa os veículos elétricos já começaram a ser mais comercializados do que novos modelos a diesel. O levantamento do BNEF aponta ainda que, em 20 anos, mais da metade dos veículos vendidos no mundo serão elétricos.

carros elétricos darão mais mobilidade

O Brasil provavelmente seguirá esses passos de maneira mais gradual, mais lenta que outros polos industriais, mas a expectativa da ABVE é de que o crescimento dos elétricos seja de entre 300% e 500% nos próximos cinco anos.

Segundo estudo do Boston Consulting Group, a projeção é de que o País tenha uma frota de 2 milhões de automóveis elétricos até 2030. 

A ABVE realizou um levantamento dos 10 modelos eletrificados mais vendidos no Brasil somando o volume de janeiro a outubro deste ano: 

1º Toyota Corolla (versões Altis Hybrid + Altis Hybrid Premium): 7.629

2º Toyota RAV4 (todas as versões somadas): 2.746 

3º Volvo XC60 (todas as versões eletrificadas somadas): 1326 

4º Porsche Cayenne híbrido: 423 

5º Volvo XC40 T5 R-Design híbrido: 286 

6º BMW X5 Plug-In Hybrid: 203 

7º BMW 330e: 180 

8º Volvo XC90 T8: 172 

9º Volvo S60 T8: 142 

10º Lexus UX250h: 131

Aplicativo de carro elétrico compartilhado

Na mesma semana que a ABVE divulgou o número de vendas de veículos elétricos no país, o Itaú anunciou, em coletiva de imprensa, que irá disponibilizar um novo serviço de carro elétrico compartilhado via aplicativo no país.

Segundo o anúncio, o Vec Itaú começará a ser testado a partir de 2021 na capital paulista. A expectativa é que o serviço seja ampliado para outros estados.

De acordo com o Itaú, no período inicial do serviço três modelos estarão disponíveis para os usuários: Jaguar I-Pace, BMW i3 e JAC iEV40. Os preços não foram divulgados. 

Apesar da pandemia e da crise que atinge o setor automotivo. O Brasil ainda tem poucas opções de modelos, mas esse número deve crescer em um ritmo mais acelerado a partir de 2021/2022.

E você o que pensa do assunto sobre os carros elétricos? Apesar do custo inicial elevado talvez a taxa de retorno seja bem atraente.

Então, não deixe de acompanhar as nossas postagens aqui do blog, e siga-nos no Facebook e Instagram pra ficar por dentro de todas as nossas novidades!

Leia também:

Classificado de veículos catarinacarros.com.br

foto
Conheça os 3 carros mais seguros de 2020
Anterior
foto
Veja os 10 melhores carros de até 30 mil reais para comprar
Próximo