Carros de repasse: o que é e como funciona o repasse de carros?

Passando em frente a uma concessionária, você visualiza um carro que chama a sua atenção, ele parece estar em boas condições, a quilometragem não está exagerada e o preço está imperdível. De começo você até acha estranho o preço baixo, e assim também começa a olhar com mais atenção para todos os detalhes do veículo. E  então repara que no para-brisas do carro está escrito, “carro de repasse”.

Diante disso, você pára e pensa, mas afinal, o que é um carro de repasse? Nessa hora você já não sabe se continua animado para comprar o carro ou se desiste, pois não faz a mínima ideia do que seja um carro de repasse.

Por que o preço está  tão abaixo da tabela? É seguro comprar um carro nessa situação? Quando vale a pena escolher por esse tipo de veículo?

Agora, queremos ajudar você a entender o que são os carros de repasse e como funciona o repasse de carros. Para isso, abordaremos neste conteúdo os seguintes pontos:

  • O que são os carros de repasse
  • Tipos de carros de repasse
  • Por que os carros de repasse são baratos
  • Compensa comprar carros de repasse

Então, siga conosco!

O que são os carros de repasse?

Diferente de um veículo que é vendido normalmente pelas concessionárias, esse tipo de negociação não tem qualquer garantia sobre o motor, câmbio ou qualquer outra peça, por isso o preço desse tipo de carro tem um valor mais baixo.

Quando uma concessionária de carros semi-novos ou usados faz uma negociação normal de compra e venda, a própria cuida de todos os detalhes do veículo, sejam eles mecânicos ou estéticos. Diante disso a loja pode dar todas as garantias do veículo, mas também irá vendê-lo pelo preço normal de tabela FIP ou acima dele, para que obtenham o seu lucro sobre o serviço prestado. 

Como o próprio nome já diz, um carro de repasse tem esse nome porque o veículo é repassado para o comprador da maneira como ele está.

Em sites ou concessionárias que trabalham apenas com a venda de repasse de carros, você vai encontrar observações de que tudo foi verificado, mas que não possue nenhuma garantia. Ou seja, qualquer problema futuro terá que ser resolvido por quem comprou.

Um dos tipos mais comuns de repasse de carros, ocorre quando o veículo entra como parte de uma negociação, como a entrada na compra de um carro 0km, por exemplo: se você tem um carro, usado, e quer trocar por um 0km, você tem a possibilidade de entregar o seu carro na concessionária, por um valor definido por ela, que será baixado no carro 0km.

Tipos de carros de repasse

Podemos ter duas situações quando falamos dos tipos de repasse de carros. Temos os carros mal conservados, mas que as lojas acabaram aceitando como entrada na compra de um 0km.

Esse tipo de carro até passa por uma revisão geral, só que na hora da revenda, por já terem indícios de peças gastas, pintura danificada ou alguns problemas, são vendidos como carros de repasse.

A outra situação é quando o carro é obtido pela loja, também como entrada, mas, com um estado de conservação bom ou ótimo.

Entretanto, se o modelo tiver uma baixa demanda de mercado, a concessionária deixa de investir nele e coloca um preço bem abaixo da tabela. Para que ele seja vendido rápido, como carro de repasse.

Por que os carros de repasse são baratos?

A explicação já está no próprio nome, carros de “repasse”, os quais entram numa negociação na troca por um veículo 0km por exemplo. 

Normalmente o lucro das concessionárias vem da venda dos carros 0km, por isso para elas não é interessante manter esse tipo de veículo no estoque, então as lojas colocam um preço mais baixo que os praticados pelo mercado, para que tenham um giro rápido com este tipo de carro.

Compensa comprar carros de repasse?

Temos situações que podem ser favoráveis, a compra de um carro de repasse. No caso de o carro, estar bem conservado e não apresentar problemas aparentes por exemplo.

Compensa comprar carros de repasse?
Se você está pensando em adquirir um carro nessa situação é preciso avaliar bem antes de fechar o negócio.

Até mesmo quando houver pequenas complicações, se você souber fazer a manutenção correta, ainda pode compensar a compra, uma vez que você não tenha custos com mão de obra.

Definitivamente, antes de comprar qualquer carro que seja usado, é indicado que você leve um mecânico de sua confiança para fazer a avaliação e verificar se não existe nenhum problema grave.

antes de comprar qualquer carro que seja usado, é indicado que você leve um mecânico de sua confiança para fazer a avaliação

Afinal, não adianta pagar um preço baixo pelo carro e depois ter que gastar rios de dinheiro para arrumar.

Quando o carro estiver apresentando muitos problemas ou que esteja com alguns danos, pode ser interessante deixar o negócio de lado. Nesse caso ele serviria mais para revenda de peças e desmanche.

Enfim, se você encontrar anúncios informando que se tratam de carros de repasse, já sabe o que avaliar para decidir pela compra.

Não deixe de comentar abaixo e nos acompanhar nas redes sociais Facebook Instagram.

Leia também:

E não esqueça de acompanhar o portal de carros mais completo de Santa Catarina – CatarinaCarros.

foto
12 carros com porta-malas grande: ideal para quem gosta de viajar
Anterior
foto
Carros femininos: 10 modelos preferidos pelas mulheres
Próximo